Digipharm: Saúde e qualidade de vida aliada ao blockchain

80

A Digipharm nos trás uma proposta ousada e um tanto inovadora, estamos falando de aliar a tecnologia blockchain a indústria farmacêutica. Não é novidade que o mercado da saúde em geral, movimenta milhares de reais por mês, por ano, etc. A previsão é que o comércio de drogarias movimente 1.5 trilhões de dólares por ano até 2021. Atualmente temos na indústria mais de 7,000 medicamentos em desenvolvimento, e isso é o que torna esse mercado estável, pois está sempre desenvolvendo produtos que vai beneficiar a população de alguma forma. A empresa pretende atuar em todas as transações, seja entre comerciantes e indústria, comerciantes e clientes, ou seja, a Digipharm vai mediar todas essas transações para facilitar e basear um preço justo usufruindo de contratos inteligentes nesse processo.

Não podemos esquecer, que o sistema de saúde em geral, enfrenta cada vez mais barreiras, e especialmente no Brasil, não presta serviços de altíssima qualidade. E porque não, se aliar a uma plataforma como a Digipharm, que promete fazer todo o “trabalho sujo” (comprar, mediar transações, entre outros) para que haja uma revolução no sistema. Mas antes de pensar nessas possibilidades, vamos falar sobre algumas propostas da Digipharm.

O que o paciente menos tem certeza hoje em dia, é se está pagando um preço justo pelo serviço prestado em uma clínica/hospital, ou se está comprando um medicamento pelo menor preço, pois a maioria da população não tem boas condições financeiras. Entenda, a promessa da tecnologia das criptomoedas é atingir a grande massa, e não se restringir as pessoas do alto escalão. Dito isso, uma das maiores propostas da Digipharm, é a dos preços inovadores, se importando sempre com o bem estar do cliente, sem prejudicar a empresa que fornece.

Então entendemos que o foco da Digipharm é quebrar as barreiras do acesso à saúde e qualidade de vida na ótica do paciente, facilitando o acesso para a grande massa. Outra delas é o empoderamento do paciente, ou seja, deixar o paciente responsável pelos seus dados, responder pesquisas, etc. E a tecnologia blockchain, que com certeza tornará todo esse processo mais ágil, seguro, e eficaz. A utilização da tecnologia blockchain na plataforma Digipharm irá atuar promovendo o desenvolvimento de uma infra-estrutura de informação da saúde, descentralizada, transparente e segura.

A plataforma também oferece um sistema de reembolso das tecnologias de saúde, com base numa taxa de desempenho do benefício de pacientes, comerciantes e indústria.

Particularmente enxergo a plataforma da Digipharm com um potencial em particular, porque o mercado da saúde é em si promissor, e a proposta da plataforma é revolucionário, visto que observamos a situação em que se encontra a saúde no nosso país (Brasil), então basta que a plataforma seja honesta, para que se institua no mercado, e caso isso aconteça, o benefício é certo para ambas as partes envolvidas no processo.

E você gostou do projeto Digipharm? acredita que no potencial da plataforma? Conte-nos sua opinião e caso queira saber mais sobre o projeto, acesse: https://www.digipharm.ch/

Papel branco: https://digipharm.ch/docs/DigipharmWP.pdf

Venha fazer parte de nosso grupo no telegram: https://t.me/joinchat/ExOHxk-TuOplQDbBWXaLaQ

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here